Quinta-Feira, 29 de Junho de 2017

CONTACTOS

STEC
INFORMAÇÃO STEC
PROTESTAR É PRECISO!
2013-02-11
COMUNICADO 02

Manifestações: 16 Fevereiro e 2 Março

CONTRA A EXPLORAÇÃO E O EMPOBRECIMENTO


O brutal aumento fiscal que todos sentimos na remuneração do mês de Janeiro, bem como as alterações que já começaram a verificar-se, a nível das rendas de casa, saúde, educação e proteção social, estão a levar a população portuguesa a um empobrecimento generalizado, mais agudizado para os que vivem apenas dos seus salários e reformas.
 

Os trabalhadores e os reformados do Grupo CGD estão a ser particularmente atingidos e a sua situação começa a tornar-se de tal forma grave que muitos entraram já numa espiral de «aperto financeiro» que está a levar ao desespero.
 

É PRECISO PÔR FIM A ESTE SAQUE
 

Todos temos de atuar neste combate contra o empobrecimento e a injustiça a que o Governo e a Troika nos estão a conduzir. Não podemos deixar-nos iludir pela "conversa fácil" do «gastámos acima das nossas posses», ou de que «todos temos de fazer sacrifícios».
 

NÃO É ADMISSIVEL SERMOS ESBULHADOS DO POUCO QUE TÍNHAMOS, PARA QUE UNS TANTOS SE POSSAM CONTINUAR A BANQUETEAR À CUSTA DO NOSSO SACRIFÍCIO.

 

UMA OUTRA POLÍTICA É POSSÍVEL E NECESSÁRIA
 

Só lemos e ouvimos, que as Empresas fecham, que o desemprego alastra, que a economia está em recessão. Este é o efeito da austeridade e dos sacrifícios! Para quê? Será isto um fatalismo? Será que não é possível "dar a volta" a esta situação?
 

Claro que é possível!
 

Primeiro, EXIGIR CONHECER, EM DETALHE, A NOSSA DÍVIDA PÚBLICA. Nomeadamente:

  • Qual é a sua real dimensão?
  • Qual foi a sua origem?
  • Quais os fins que a justificaram?
  • Quem são os seus credores?

A seguir, EXIGIR O FIM DA POLÍTICA DE BAIXOS SALÁRIOS E PENSÕES, que irá conduzir:

  • A uma revalorização dos salários e pensões de reforma;
  • Ao ressurgimento e à dinamização do mercado interno nacional:

Depois, EXIGIR A ALTERAÇÃO DA ACTUAL POLÍTICA FISCAL, de forma a:

  • Terminar com a injusta tributação do trabalho, que vigora;
  • Incincidr impostos sobre operações financeiras e mercado bolsista.

A POLÍTICA DESTE GOVERNO ESTÁ A ARRUÍNAR AS NOSSAS VIDAS E A COMPROMETER O NOSSO FUTURO, TEM DE SER URGENTEMENTE TRAVADA!
 


 

HÁ QUE MUDAR DE POLÍTICA E DE GOVERNO
... ANTES QUE SEJA TARDE DE MAIS!


EM 16 Fevereiro e 2 Março, TODOS À RUA!

 

TopoIr para lista

comunicado_02.jpg