Terca-Feira, 17 de Outubro de 2017

CONTACTOS

STEC
INFORMAÇÃO STEC
NOTA ENVIADA HOJE À COMUNICAÇÃO SOCIAL
2016-06-22

NOTA ENVIADA HOJE À COMUNICAÇÃO SOCIAL

 

QUEREM TRANSFORMAR A CGD NUMA «CAIXINHA»!
 

Face à decisão do Governo hoje conhecida de reduzir a atividade da CGD no país e no estrangeiro, com o anunciado plano de encerramento de 300 Balcões e redução do número de trabalhadores em 2 500, a Direção do STEC toma a seguinte posição pública:

  • Este plano a ser concretizado, corresponde a uma redução brutal da atividade da Instituição, com reflexos na economia e nas poupanças dos portugueses, colocando o Banco público, o único Banco de capital 100% nacional, numa posição de subalternidade perante a restante banca que opera em Portugal;
     
  • Denunciar os interesses privados que estão por detrás deste plano de destruição da CGD, como o Banco de referência do sistema bancário nacional;
     
  • Denunciar o facto, incompreensível mas significativo, do plano ter sido elaborado dentro do maior secretismo e sem qualquer audição dos representantes dos trabalhadores da CGD, que estão assim a ser colocados perante uma decisão consumada;
     
  • Denunciar que o anunciado encerramento de Balcões no estrangeiro, parece nem sequer levar em consideração os interesses da diáspora nacional que, nomeadamente em França, têm na CGD a sua principal referência;
     
  • Denunciar que sendo a CGD a Instituição que tem um rácio de liquidez, ímpar na Banca, mais do dobro do que é exigido pelo Banco de Portugal, é uma prova da confiança que a população tem no Banco, mas é também um motivo para que interesses obscuros queiram abalar tal confiança;
     
  • Denunciar que se pretende acabar com um Banco público que tem a maior quota de mercado e transformá-lo num pequeno Banco público, com uma reduzida intervenção na economia e na sua ligação às populações;
     
  • O STEC- Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do Grupo CGD, como organização sindical maioritária na empresa, tudo fará para defender a Caixa como uma Instituição bancária pública e forte, ao serviço do país e da população, e simultaneamente defender intransigentemente os trabalhadores e os seus postos de trabalho.

 

Lisboa, 22/06/2016

A Direção do STEC

TopoIr para lista

img_geral_logo