Sexta-Feira, 20 de Julho de 2018

CONTACTOS

STEC
INFORMAÇÃO STEC
PARLAMENTO CHAMA PAULO MACEDO SOBRE COMISSÕES E REDUÇÃO DE TRABALHADORES NA CGD
2018-02-07
PÚBLICO

Rosa Sores - 7 de Fevereiro de 2018, 12:35

Requerimentos do Bloco de Esquerda, aprovados por unanimidade, incluem audição do presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Caixa.

Paulo Macedo, presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD), vai ser chamado ao Parlamento para explicar o aumento de comissões e a forma como está a ser feita a redução de trabalhadores. A proposta de audição partiu do Bloco de Esquerda (BE) e foi aprovada por unanimidade, esta quarta-feira, na Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administração (COFMA).

Outro requerimento do BE, também aprovado por unanimidade, visa ouvir o presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do Grupo CGD. A data para as duas audições ainda não foi fixada, mas a vontade dos deputados é que seja “muito em breve”.

A CGD foi notícia há poucos dias, no PÚBLICO, por novo aumento de comissõese por denúncias dos sindicatos relativamente à forma como está a ser feita a redução de trabalhadores.

Nos requerimentos apresentados por Maria Mortágua, é referido que “o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda apoiou a recapitalização do banco público por considerar que a sua solidez é do interesse de toda a economia nacional e, em particular, do sistema financeiro português”, mas é salvaguardado que “esse processo não pode sujeitar a CGD à redução da qualidade dos seus serviços, ou a qualquer ameaça aos direitos dos seus trabalhadores”.

 

TopoIr para lista

publico_02_07

Deputados unânimes na chamada de Paulo Macedo ao Parlamento.