Sábado, 19 de Outubro de 2019

CONTACTOS

STEC
INFORMAÇÃO STEC
A GESTÃO SEMEOU OS VENTOS… MAS SÃO OS TRABALHADORES QUE COLHEM A TEMPESTADE!
2019-07-24
COMUNICADO 05
Esta é a grande conclusão a que se chega, com a recente divulgação pública dos resultados da Comissão Parlamentar de Inquérito à CGD.

De facto, o inquérito revelou que a maior parte dos créditos ruinosos concedidos, ocorreu de 2005 a 2008 e que as responsabilidades têm vários nomes e vários rostos, nomeadamente:

•    os membros do Conselho de Administração que geriram a CGD nesse período;
•    os principais responsáveis pela administração do Banco de Portugal;
•    o 1º Ministro e Ministro das Finanças, do governo de então.
 
 
Em nenhuma linha, a Comissão Parlamentar de Inquérito à CGD refere quaisquer responsabilidades dos trabalhadores nos vultuosos, problemáticos e ruinosos créditos concedidos.
 
No entanto, a recapitalização a que a CGD foi forçada e as brutais condições que Bruxelas impôs, nomeadamente a redução dos postos de trabalho, o fecho de Agências, a venda do negócio bancário internacional, afetaram gravemente a imagem e a dimensão da empresa, bem como os seus trabalhadores e as populações, precisamente aqueles que são completamente alheios às decisões que tanto prejudicaram e fragilizaram a Instituição CGD!
 

Neste particular, os trabalhadores são até mesmo os mais atingidos, por serem duplamente prejudicados, já que, como portugueses foram contribuintes forçados da recapitalização e como trabalhadores da CGD são penalizados nas suas condições de vida e no seu futuro. 

 
E há perguntas que nos queimam os lábios – quantos gestores da CGD responsáveis por decisões que levaram a prejuízos brutais na Empresa, foram penalizados nas suas reformas e no seu património? E quantos deles não recebem reformas chorudas… para as quais não há qualquer sustentabilidade quanto a tempo de serviço na CGD e descontos efetuados?
 
 
ATÉ QUANDO ESTA PRÁTICA DE IMPUNIDADE?

ATÉ QUANDO ESTE ESTADO DE COISAS NA CGD?
 
 
A Direção
TopoIr para lista

comunicado_05