Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020

CONTACTOS

STEC
NOTÍCIAS DE IMPRENSA
CENTENO DIZ QUE IMPACTO DA COVID-19 NA ECONOMIA SERÁ "COMPARÁVEL AO DE UMA GUERRA"
2020-03-16
TSF
Por João Francisco Guerreiro, correspondente da TSF em Bruxelas
16 Março, 2020 • 13:51
 
 
Centeno acredita que os efeitos da crise serão comparáveis aos momentos mais dramáticos da história do continente europeu.

O presidente do Eurogrupo reúne-se esta tarde por videoconferência com a zona euro, para discutir "luta temporária mas longa".
 
Mário Centeno considera que a Europa vive "num estado de urgência" perante a propagação do novo coronavírus. Para o presidente do Eurogrupo, a circunstância excecional exige medidas para atenuar o impacto "comparável" aos momentos mais dramáticos da história do continente europeu.
 
"A contenção forçada está a ter um impacto na nossa economia comparável a tempos de guerra. Também discutiremos os próximos passos e todas as instituições europeias vão explorar formas de nos ajudar a vencer esta crise e regressar à normalidade", prometeu Mário Centeno, o qual apresentará uma declaração aos ministros da zona euro, com um conjunto de medidas de política coordenadas em resposta ao impacto do novo coronavírus.
 
"Nisto incluem-se iniciativas para conter e tratar a doença, apoio à liquidez das empresas, particularmente as PME, apoio aos trabalhadores e famílias. Medidas que ajudarão a preencher essa lacuna até que o vírus desapareça", disse o português, numa mensagem gravada antes da reunião, que decorrerá por videochamada.
 
"Por outro lado, vamos assegurar que as regras orçamentais da União Europeia ou de auxílio estatal não atrapalham a ajuda às nossas economias", vincou, lembrando que Bruxelas está disponível para aplicar "toda a flexibilidade" nas análises aos orçamentos nacionais no âmbito do Pacto de Estabilidade e Crescimento e que o Banco Europeu de investimentos está também a tratar de medidas para levar liquidez à economia da Europa.
 
"Juntos, estamos a dar uma resposta poderosa. Mas sabemos que o vírus não atingiu pico. Não devemos iludir-nos. Este é o primeiro passo em uma luta temporária, mas longa", enfatizou.

TopoIr para lista

03_16_tsf
 
Mário Centeno, presidente do Eurogrupo
Fotografia: © Carlos Costa/AFP