Domingo, 18 de Novembro de 2018

CONTACTOS

STEC
NOTÍCIAS DE IMPRENSA
CAIXA ACEITA OPA POR IMPOSIÇÃO DO GOVERNO
2012-04-02
NEGÓCIOS ONLINE

02 Abril 2012 | 00:01 

Pedro Santos Guerreiro - psg@negocios.pt
Maria João Babo - mbabo@negocios.pt
Maria João Gago - mjgago@negocios.pt

Banco público não teve qualquer palavra a dizer quanto à decisão de vender os 9,6% da Cimpor na oferta pública de aquisição da Camargo Corrêa. A imposição do Governo, pelo qual deu a cara Vítor Gaspar e António Borges, deixou restantes accionistas sem margem para se oporem à OPA.

O Governo, através do ministro das Finanças e do seu consultor António Borges, impôs à Caixa Geral de Depósitos (CGD) a venda dos 9,6% da Cimpor na oferta pública de aquisição (OPA) lançada pela Camargo Corrêa. A posição, que o banco público assumiu publicamente 26 minutos depois de anunciada a operação, condiciona a decisão dos restantes accionistas. O fundo de pensões do BCP está vendedor e a Investifino não exclui essa possibilidade. Já a Votorantim estará para ficar, trocando o acordo com a CGD por uma parceria com a Camargo.

TopoIr para lista

vitorgaspar1.jpg