Sábado, 17 de Novembro de 2018

CONTACTOS

STEC
NOTÍCIAS DE IMPRENSA
CORTES SALARIAIS NA TAP FICAM ABAIXO DA LEI
2012-01-26
ECONÓMICO

26/01/12 06:42
Hermínia Saraiva  

 

Fernando Pinto, tinha pedido à tutela um regime de exceção aos cortes impostos pelo Orçamento do Estado alegando recear a fuga de quadros.
 

Empresa comunicou aos sindicatos que este ano não paga subsídios de férias e de Natal, e vai reduzir os salários.

Há um ano, o presidente da TAP negociou com o Governo um regime de excepção às reduções salariais impostos como medida de austeridade. Cortando nos subsídios de férias e de Natal, Fernando Pinto conseguiu poupar os vencimentos dos trabalhadores da TAP. Em 2012, e com a imposição de manter os cortes de 2011 e de eliminar os subsídios, a TAP deixa de ter alternativa e vai mesmo ter de mexer nas remunerações. Os salários de Janeiro foram processados com um corte que varia entre 1,75% e 5%, metade do imposto pelo Orçamento do Estado de 2012.

Fernando Pinto chegou a anunciar que estava a negociar com a tutela um regime de excepção, alegando temer a fuga de quadros, mas ontem comunicou aos sindicatos que não há alternativas ao corte dos subsídios. Já quanto ao corte de salários imposto pelo Orçamento do Estado de 2011, e que é para manter este ano, a TAP adaptou a medida, aplicando nos vencimentos de Janeiro uma redução entre 1,75% e 5% e não de 3,5 a 10% conforme estipulado pelo Executivo.

O Diário Económico procurou saber junto da tutela a razão destes cortes, que representam metade do imposto pela Lei do Orçamento, mas até à hora de fecho da edição não obteve resposta do Ministério das Finanças. Já a tutela da Economia não fará "nenhum comentário por agora".

"Como a TAP cortou menos de metade que as restantes empresas, porque procedeu aos cortes do subsídio de férias e de Natal, em Janeiro aplicou um corte de 1,75% quando devia aplicar 3,5%", avança fonte do sector ao Diário Económico, que revela ainda que tudo indica que este corte será provisório, não sendo certo qual será a política salarial para o resto do ano.

TopoIr para lista

fernando_pinto.jpg