Domingo, 18 de Novembro de 2018

CONTACTOS

STEC
NOTÍCIAS DE IMPRENSA
BANCO CENTRAL ENTENDE QUE CORTE DE VENCIMENTOS SERIA VIOLAÇÃO GRAVE DO CÓDIGO DE TRABALHO
2012-01-17
NEGÓCIOS ONLINE

17 Janeiro 2012 | 00:01
Rui Peres Jorge - rpjorge@negocios.pt

O banco central considera que cortar salários seria uma contra-ordenação laboral grave, tal como aconteceria numa empresa privada. Dada a independência da instituição, o ministério das Finanças não se atreve a fazer juízos de valor sobre as opções de Carlos Costa.

O Banco de Portugal considera que avançar com cortes salariais constituiria uma violação da Lei e das responsabilidades contratuais do banco, o que seria sinónimo de praticar uma contra-ordenação laboral grave – à semelhança de um corte de salarial numa empresa privada.

TopoIr para lista

carloscostabdpbancodeportugal.jpg