Sábado, 17 de Novembro de 2018

CONTACTOS

STEC
NOTÍCIAS DE IMPRENSA
CGTP: "ESTA É UMA DAS MAIORES GREVES GERAIS DE SEMPRE"
2012-11-15
NEGÓCIOS ONLINE

14 Novembro 2012 | 16:48

Lusa


O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, defendeu que a greve geral de hoje "é uma das maiores de sempre", considerando que resulta do combate dos trabalhadores contra "o medo e a resignação".

"Esta é uma das maiores greves gerais de sempre", afirmou o secretário-geral da CGTP-IN, a central sindical que convocou a paralisação para o dia de hoje.
 

Na intervenção junto à Assembleia da República, o dirigente sindical disse que "os trabalhadores estão a combater o medo e a resignação", realçando que "é preciso unir esforços".
 

Arménio Carlos lamentou ainda o resultado do encontro de terça-feira dos parceiros sociais com a 'troika', explicando que "a 'troika' não teve coragem para contrariar as propostas da CGTP, contra a "redução do Estado Social, proposta pelo Governo".
 

A manifestação hoje convocada pela CGTP chegou pelas 15:30 à Assembleia da República, em Lisboa, com milhares de cidadãos a entoar cânticos contra o Governo e as medidas de austeridade.
 

"É preciso, é urgente, correr com esta gente" ou "Abril de novo, com a força do povo", são algumas das frases mais ouvidas no percurso dos manifestantes que se iniciou no Rossio.
 

Nas escadarias da Assembleia da República, bem como em toda a zona envolvente, é possível observar um significativo aparato policial, havendo uma barreira de grades destinada a separar os polícias dos manifestantes.
 

Em dia de greve geral, são vários os movimentos sociais que se juntaram ao desfile de protesto promovido pela CGTP, a par dos estivadores (trabalhadores dos portos), que começaram por se concentrar no Cais do Sodré.
 

O movimento "Que se lixe a 'troika'" e a associação Precários Inflexíveis também aderiram à manifestação, tendo iniciado a marcha na embaixada de Espanha.
 

Durante o percurso, foram lançados alguns petardos, a PSP reforçou o dispositivo de segurança e um grupo de manifestantes incendiaram várias caixas de multibanco.

TopoIr para lista

armeniocarloscgtp.jpg