Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018

CONTACTOS

STEC
NOTÍCIAS DE IMPRENSA
EUROSTAT CHUMBA ANA E AUMENTO DE CAPITAL DA CGD
2013-03-15
ECONÓMICO

Luís Reis Pires 
15/03/13 09:38

Posição do Eurostat atirou o défice do ano passado na óptica de Bruxelas para 6,6% do PIB.

O ministro das Finanças anunciou que o Eurostat chumbou a concessão da ANA como receita válida para abater ao défice de 2012. Isso e a reclassificação de algumas empresas públicas no perímetro da consolidação levarão o défice do ano passado a fixar-se em 6,6% do PIB, na óptica de Bruxelas, sublinhou Vítor Gaspar.

Mas a diferença entre o défice de 6,6% na óptica do Eurostat e o de 5% considerados para efeitos do programa de ajustamento não se deve apenas à ANA. O chumbo da concessão vale 1.200 milhões de euros a mais, explicou o secretário de Estado do Orçamento, Morais Sarmento, mas há mais.

O gabinete estatístico de Bruxelas também teve um entendimento diferente sobre o aumento de capital da Caixa Geral de Depósitos, no âmbito do programa de recapitalização da banca. O Eurostat considerou essa operação como "transferência das administrações públicas para o sector financeiro", que abate ao défice. Esta operação significou 750 milhões de euros adicionais de défice.

Por último, frisou Morais Sarmento, o Eurostat considerou que era necessário "fazer o rerooting dos suprimentos da Parpública à Sagestão", que o Executivo não tinha feito, e que valeu outros 750 milhões de agravamento do défice.

TopoIr para lista