Sexta-Feira, 30 de Julho de 2021

CONTACTOS

STEC
INFORMAÇÃO STEC
O CONSELHO NACIONAL DO STEC REUNIU EM COIMBRA NO DIA 21 DE MAIO DE 2021.
2021-05-24
CONSELHO NACIONAL APROVA:
•   Moção de apoio à luta, sobre a situação atual na CGD e a tabela salarial 2021
•   Plano de Atividades e Orçamento do STEC para 2021
•   Relatório e Contas do STEC de 2020
 

05_24_cons-nacional_sala1
 
05_24_cons-nacional_sala2
 
 
O Conselho Nacional do STEC reuniu em Coimbra no dia 21 de maio de 2021.
No Período Fora da Ordem de Trabalhos discutiu-se a situação atual que se vive nos locais de trabalho do Grupo CGD e a ausência de resposta da CGD à proposta de aumentos salariais apresentada pelo STEC. Sobre estes temas foi aprovada, por unanimidade, a Moção abaixo reproduzida.

Nos pontos da ordem de trabalhos foram aprovados o Plano de Atividades e Orçamento do STEC para 2021 e o Relatório e Contas do STEC de 2020, ambos apenas com um voto contra.
 
 
MOÇÃO


Considerando que:
  • A revisão salarial anual, para além de ser um princípio estabelecido no Código do Trabalho e no Acordo de Empresa, é uma necessidade fundamental na vida dos trabalhadores e dos aposentados da CGD;

  • A Administração da CGD desrespeitou este princípio, ao não responder à proposta apresentada pelo STEC (aumento de 2% com mínimo de 35€) em 18 de janeiro, desvalorizando por completo a importância de tal matéria, obrigando o STEC a requerer ao Ministério do Trabalho a passagem à fase de conciliação;

  • A situação laboral que se vive na CGD, com encerramento de locais de trabalho e a brutal redução de trabalhadores, as formas de pressão para cumprimento de objetivos cada vez maiores, as ameaças e o assédio que as acompanham, o cumprimento forçado de trabalho extraordinário não pago, estão a conduzir a um preocupante agravamento de casos de depressão e de doenças do foro psíquico;

  • As alterações unilaterais introduzidas recentemente pela CGD na Rede Comercial, nas funções de Subgerente, dando-lhes a nova designação de Coordenador Adjunto Comercial, é um absoluto desrespeito pelo Acordo Empresa;

  • O acréscimo abusivo e injustificado de responsabilidades sem qualquer compensação, atribuído aos trabalhadores com as funções de Gestor de Clientes, nomeadamente autorização de operações de escalão superior, é uma tropelia e desrespeito pelos trabalhadores que agudiza o desespero, desmotivação e revolta na CGD.


O Conselho Nacional reunido em Coimbra, em 21 de maio de 2021, decidiu:
  • Repudiar a grave insensibilidade social manifestada pela Administração da CGD, ao não responder à proposta de revisão salarial apresentada pelo STEC;

  • Apoiar a Direção do STEC pelo envio do processo de revisão salarial para o Ministério do Trabalho e respetivo pedido de passagem à fase de conciliação;

  • Denunciar e repudiar o clima de terror, que se está a viver em toda a CGD no que respeita às relações de trabalho;

  • Considerar intolerável o atropelo à Negociação Coletiva por parte da CGD ao introduzir abusivamente alterações que não respeitam o AE, à revelia do outro subscritor – o STEC;

  • Manifestar à Direção do STEC toda a disponibilidade para apoiar quaisquer ações de denúncia e protesto que venham a ser tomadas, afirmando desde já o seu apoio a eventuais formas de luta, nomeadamente o recurso à greve;

  • Exortar os trabalhadores a não se deixarem paralisar pelo medo ou pelo conformismo, e a acreditarem sempre na importância decisiva da sua força coletiva.
 
05_24_cons-nacional_direcao
Direção
 
05_24_cons-nacional_mag
MAG
 
A MAG do STEC
 
 
 
 
TopoIr para lista