stec_logo
Segunda-feira, 26 de Fevereiro, 2024

INFORMAÇÃO STEC

COMUNICADOS
Comunicado_01_2024_website
STEC – Proposta de revisão salarial para 2024
COMUNICADO 01

O STEC apresentou à Administração da CGD a sua proposta de revisão salarial para o ano de 2024, correspondente a 7% de aumento, com um mínimo de 125 euros.
Quanto às Cláusulas de Expressão Pecuniária, a proposta de aumento é igualmente de 7%, sendo que, para algumas finalidades específicas, se propõe uma percentagem superior.

 

Esta proposta, justa, equilibrada e claramente comportável pela CGD, justifica-se nomeadamente:

 

  • Pela perda acumulada de poder de compra que tem afetado gravemente os Trabalhadores e Reformados da CGD, ultimamente agravado pelo brutal aumento da inflação;
  • Pelo lucro apresentado pela CGD em 2023, superior a todos os Bancos que operam no país, que só nos primeiros nove meses do ano corresponderam a 987 milhões de euros, e que muito naturalmente, ultrapassará folgadamente os mil milhões de euros neste exercício;
  • Pela absurda recusa da Administração da CGD, em cumprir a recomendação do Governo de um aumento salarial intercalar de 1% em 2023, face ao aumento de inflação verificada;
  • Pela mais do que evidente necessidade de elevar os salários, um facto assumido pela própria Administração, ao atribuir discricionariamente a novas admissões de pessoal, condições salariais superiores às que pratica para quem já está na CGD;
  • Pela premência de ser reconhecido e compensado, o sacrifício e o contributo decisivo dos trabalhadores na obtenção dos lucros históricos alcançados pela Empresa.

 

Com efeito, o processo de revisão salarial para 2024, constituirá um momento fulcral para a valorização dos rendimentos dos trabalhadores e reformados da CGD, com a certeza de que o STEC jamais aceitará qualquer tipo de condicionamento negocial que tenha subjacente a subversão do direito Constitucional à Contratação Coletiva.

 

No mesmo sentido, o STEC também não admitirá substituir o efetivo aumento salarial por um qualquer prémio ou bónus arbitrário e discricionário, porque só a atualização remuneratória constitui garantia de valorização salarial, com efeitos imediatos e futuros, para todos, ao abranger em simultâneo os trabalhadores do ativo, pré-reformados e reformados.

 

 

Assim, apela-se a todos, para que se envolvam e mantenham informados sobre a evolução do processo negocial, pela importância decisiva que o mesmo revestirá para as suas vidas.

 

A fundamentação económica da proposta do STEC, assinada pelo Economista, Dr. Eugénio Rosa, pode ser consultada AQUI.

 

 

A Direção

 

 

PROPOSTA STEC
TABELA SALARIAL CGD PARA 2024

 

NÍVEIS

PROPOSTA 2024

1

906,00 €

2

988,00 €

3

1.077,00 €

4

1.190,00 €

5

1.320,00 €

5B

1.367,00 €

6

1.445,50 €

6B

1.507,00 €

7

1.512,00 €

7B

1.573,00 €

8

1.608,00 €

8B

1.676,50 €

9

1.743,00 €

9B

1.819,00 €

10

1.873,00 €

10B

1.957,03 €

11

2.075,25 €

11B

2.169,05 €

12

2.203,95 €

12B

2.309,66 €

13

2.390,56 €

13B

2.502,18 €

13C

2.622,44 €

14

2.618,13 €

14B

2.744,57 €

14C

2.872,34 €

15

2.850,44 €

15B

2.984,07 €

15C

3.134,13 €

16

3.085,40 €

16B

3.233,81 €

16C

3.394,29 €

16D

3.556,96 €

17

3.307,21 €

17B

3.469,31 €

17C

3.637,47 €

17D

3.817,64 €

18

3.650,06 €

18B

3.837,91 €

18C

4.032,34 €

18D

4.235,52 €

18E

4.476,53 €

 

 

CLÁUSULAS DE EXPRESSÃO PECUNIÁRIA CGD PARA 2024

 

Cláusulas

Designação

Valor 2024

119ª

Diuturnidades

57,02 €

52ª

Diuturnidades

51,99 €

58ª

Subsídio de refeição diário

13,50 €

59ª

Abono para falhas (mensal)

171,36 €

64ª

Subsídio de Apoio ao Nascimento/Adoção

1.000,00 €

65ª

Subsídio infantil

65,22 €

66ª

Subsídio de estudo:

1º ao 4º ano de escolaridade (trimestre)

37,30 €

5º e 6º ano de escolaridade (trimestre)

51,99 €

7º ao 9º ano de escolaridade (trimestre)

66,30 €

10º ao 12º ano de escolaridade (trimestre)

76,30 €

Superior ao 12º ano de escolaridade ou ensino superior (trimestre)

92,13 €

95ª

Subsídio a trabalhador estudante (mensal)

27,00 €

113ª

Valor máximo do crédito à habitação

280.000,00 €

90ª

Indemnização por morte em acidente de trabalho

170.824,17 €

Ajudas de custo

 

Em Portugal

58,78 €

 

No estrangeiro

142,68 €

 

Deslocações diárias

18,83 €

 
 

03_17_cartoon_dia-do-pai