stec_logo
Quinta-feira, 29 de Setembro, 2022

NOtÍCIAS DE IMPRENSA

09_21_jornalnoticias

O Santander Totta foi o que mais fechou.

 

Fotografia: João Manuel Ribeiro / Arquivo Global Imagens

Bancos fecham metade dos balcões em dez anos
JORNAL DE NOTÍCIAS

Delfim Machado
21/09 às 07:03

 

Setor justifica reduções com a crescente digitalização. Emprego na rede de retalho portuguesa caiu 23%.

 

Os bancos que operam em Portugal fecharam 2776 agências nos últimos dez anos, o que representa uma redução de 44% que ocorreu sobretudo nas grandes cidades. Os bancos justificam as reduções com a crescente digitalização, mas os sindicatos ripostam que se trata de avidez pelo lucro.

 

A rede de retalho da Banca portuguesa contava com 6306 balcões em dezembro de 2011. Dez anos depois, só havia 3530 postos de atendimento, o número mais baixo desde 1993, segundo a Associação Portuguesa de Bancos. Só desde a pandemia fecharam cerca de 500 agências e os números vão piorar pois os encerramentos continuam em 2022 e na Caixa Geral de Depósitos (CGD), por exemplo, já se suprimiram 23 balcões.

03_17_cartoon_dia-do-pai