stec_logo
Segunda-feira, 29 de Novembro, 2021

NOtÍCIAS DE IMPRENSA

Caixa paga dividendo extra de 300 milhões ao Estado
ECO SAPO
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Alberto Teixeira
4 Novembro 2021

 
 
A Caixa já tinha pago 80 milhões em dividendos ao Estado este ano. Mas anunciou esta quinta-feira um cheque extra de 300 milhões depois de não ter distribuído lucros no ano passado.

 

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) anunciou esta quinta-feira que vai pagar ainda este mês um dividendo extraordinário de 300 milhões de euros ao Estado.
 
O banco liderado por Paulo Macedo justifica este cheque extra com as perspetivas de um menor impacto da pandemia nas suas contas, “com menores efeitos ao nível da qualidade dos ativos de crédito, a par da robusta posição de capital”.
 
“São parte dos dividendos que não foi possível pagar relativos aos lucros de 2020 e 2019“, sublinhou o CEO do banco público na conferência de apresentação dos resultados dos primeiros nove meses do ano, explicando que teve de informar as autoridades europeias, nomeadamente o Banco Central Europeu (BCE), desta decisão.
 
O Estado já havia recebido 83 milhões de euros em dividendos da Caixa relativos ao exercício de 2020, mas vai agora receber mais depois de o BCE ter levantado em setembro as restrições que impôs aos bancos europeus em termos de distribuição de lucros aos dividendos por causa da pandemia.
 
Em 2020, a Caixa registou lucros de 420 milhões de euros, sendo que os resultados dos primeiros nove meses deste ano ultrapassam já os ganhos do ano passado. O banco público reportou um lucro de 429 milhões de euros até setembro.
 
Aos jornalistas, Paulo Macedo reforçou que tem a meta de devolver até 2023 cerca de 2.000 milhões de euros do total que foi investido na recapitalização do banco em 2017, que passa pelo pagamento de dividendos e também pela recompra dos títulos de dívida AT1 (perpétua) e AT2 (maturidade de 10 anos) no valor de 1.000 milhões que o banco público teve de emitir no processo de reforço de capital realizado há quatro anos.
 
 

(Notícia atualizada às 18h31)