stec_logo
Segunda-feira, 26 de Fevereiro, 2024

NOtÍCIAS DE IMPRENSA

DBRS melhora ratings da CGD e revê perspetiva para “estável”
ECO SAPO

Lusa
25 maio – 00:11

 

 

A subida da notação “teve em consideração a melhoria da rentabilidade, bem como a manutenção de uma sólida capitalização e uma estável posição de liquidez”.

 

A agência de notação financeira DBRS Morningstar melhorou os ratings a longo e a curto prazo e dos depósitos da Caixa Geral de Depósitos (CGD), tendo revisto a perspetiva para “estável”, anunciou esta quarta-feira o banco público.

 

Num comunicado enviado esta noite ao mercado, a CGD refere que a DBRS Morningstar subiu o rating de longo prazo (‘Long Trem Issuer Rating’) de BBB para BBB (alto) e o rating de curto prazo (‘Short-Term Issuer Rating’) de R-2 (alto) para R-1 (baixo).

 

O indicador referente aos depósitos (‘Deposit Rating’) subiu de BBB (alto) para A (baixo), acrescenta o banco no comunicado divulgado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A CGD assinala ainda que “a tendência destes ratings foi revista para ‘estável’”.

 

Segundo a nota, a subida dos níveis “teve em consideração a melhoria da rentabilidade, bem como a manutenção de uma sólida capitalização e uma estável posição de liquidez”.

 

O banco, liderado por Paulo Macedo, acrescenta que “a tendência ‘estável’ reflete uma visão de que a Caixa se encontra numa posição mais robusta para enfrentar um enquadramento mais exigente em resultado da subida de taxas de juro e maior incerteza económica”.

 

A Caixa teve lucros de 285 milhões de euros no primeiro trimestre, mais 95% que nos primeiros três meses de 2022, tendo aumentado, nesse período, a margem financeira em 129,7%, para 611 milhões de euros e as comissões líquidas 2% para 149 milhões de euros.

03_17_cartoon_dia-do-pai