stec_logo
Segunda-feira, 16 de Maio, 2022

NOtÍCIAS DE IMPRENSA

02_09_sapo24
E se o governo fosse todo para uma só casa? António Costa confirma que a ideia está “a ser estudada” e o destino pode ser a sede da CGD
SAPO 24
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

MadreMedia / Lusa
9 fev 2022 12:31

 

 

O primeiro-ministro afirmou hoje que está em estudo a concentração dos serviços do Governo, eventualmente no atual edifício sede da Caixa Geral de Depósitos (CGD), e defendeu que essa solução permite sinergias e poupanças para o Estado.

 

António Costa falou sobre esta possibilidade aos jornalistas, em São Bento, depois de questionado se tenciona concretizar na próxima legislatura a concentração dos serviços do Governo num único edifício.

 

O líder do executivo referiu que a questão relativa à reinstalação dos serviços do Governo “é uma longa aspiração” que remonta pelo menos à década de 70 do século passado.

 

“Recentemente, surgiu a oportunidade, que tem vindo a ser trabalhada, de permitir a centralização do conjunto dos serviços centrais da quase totalidade dos ministérios num único edifício, precisamente no da CGD. É uma matéria que tem vindo a ser estudada”, disse.

 

Neste contexto, o primeiro-ministro defendeu que a concentração de serviços “permitirá muitas sinergias, com uma melhor articulação do trabalho em equipa”.

 

“Sobretudo, permitirá poupar muitos recursos ao nível do funcionamento da ação do Governo. No entanto, estamos perante uma hipótese que tem também as suas dificuldades. Portanto, não será seguramente para a semana. Aliás, a CGD tem a generalidade do edifício ainda em utilização”, observou.

 

Em relação a este ponto, o líder do executivo acrescentou que esta é uma matéria “em relação à qual não há ainda uma decisão definitiva”.

03_17_cartoon_dia-do-pai