stec_logo
Quinta-feira, 18 de Abril, 2024

NOtÍCIAS DE IMPRENSA

08_26_expresso

Fotografia: Getty Images

Encerramento de balcões. Trabalhadores da CGD foram informados sobre os novos locais de trabalho
EXPRESSO

26 agosto 2022 22:19
Amadeu Araújo

 

 

A Caixa Geral de Depósitos já tinha informado a 12 de agosto a intenção de fechar 23 balcões em vários pontos do país.

 

A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira os trabalhadores abrangidos pelo encerramento de 23 agências – em vários pontos do país – dos seus novos locais de trabalho. O banco público confirma o encerramento, mas não presta declarações.

 

Os trabalhadores daqueles balcões receberam esta sexta-feira, “ao final do dia”, a indicação de que na próxima segunda-feira se deveriam “apresentar noutras agências”, disseram ao Expresso vários bancários.
A decisão apanhou de surpresa os funcionários, que “não estavam preparados para uma alteração súbita do local de trabalho”.

 

A decisão já tinha sido antecipada pelo Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do grupo CGD, mas apenas hoje foi comunicada aos trabalhadores. “De supetão, sem qualquer negociação ou aviso prévio”, adiantaram estes bancários.

 

O funcionamento da Caixa Geral de Depósitos levou mesmo alguns deputados socialistas a questionarem a administração do banco público, depois dos protestos da população da Póvoa de Santo Adrião, em Odivelas, que contestaram o fecho deste balcão.

 

Também a Comunidade Intermunicipal do Douro decidiu intentar uma ação, no Tribunal Administrativo e Fiscal de Mirandela, para contestar “a redução do serviço prestado pela CGD em alguns balcões no território”.

 

A comunidade intermunicipal, que não conseguiu reunir com o ministro das Finanças, considera a interrupção no funcionamento “um passo no desmantelamento de um serviço público essencial às populações de territórios despovoados, envelhecidos e de baixa densidade”.

 

Contactada pelo Expresso a administração da CGD confirmou o encerramento, mas não presta declarações sobre o assunto.

 

Na próxima segunda-feira a CGD terá uma rede com menos 23 balcões, passando a dispor de 494 agências.

 

É o segundo encerramento depois do fecho de 70 balcões em 2018.

03_17_cartoon_dia-do-pai