stec_logo
Sexta-feira, 12 de Julho, 2024

INFORMAÇÃO STEC

E-MAIL
Outras Publicações
img-email
Administração da CGD bloqueia negociação salarial de 2024!
E-MAIL

Realizou-se a sétima reunião de negociação da tabela salarial de 2024, entre a CGD e o STEC.

 

Face à última proposta da CGD, de 3,20% com um mínimo de 60€ (média ponderada de 3.59%) o STEC, em mais uma clara demonstração de boa-fé negocial, contrapropôs 4,1% com mínimo de 79€, (média ponderada de 4,67%) e a atualização das diuturnidades… congeladas há 5 anos!

 

A CGD recusou perentoriamente a contraproposta do STEC acusando-a, pasme-se, de ser irrealista e insustentável! Ao mesmo tempo que reafirmava a sua intenção de convergir com o setor bancário, mesmo sabendo que isso subverte frontalmente o processo negocial em curso!

 

Mas então pergunta-se, estará a Administração da CGD interessada num acordo com o STEC?

 

Vejamos os factos:

 

  • O STEC espoletou o processo de revisão salarial de 2024 com uma proposta bem fundamentada economicamente, de 7% com um mínimo de 125€. A CGD contrapôs um aumento de 3%
  • Em plenas negociações, e como resposta à greve convocada pelo STEC, a CGD ignorou e subverteu a negociação coletiva, aplicando unilateralmente um aumento salarial de 3% com o mínimo de 52,63€;
  • Negociando com seriedade e procurando sempre o consenso, o STEC foi alterando a sua proposta inicial, ao longo da negociação, mas encontrou sempre uma CGD intransigente que apesar de afirmar estar disponível para negociar, apenas mudou a sua proposta de uns irrisórios 3%… para 3.2%!

Daqui se conclui, que o interesse em chegar a acordo por parte da Administração… em nada corresponde ao do STEC!

 

Decorridos seis meses de negociações, verifica-se que a disponibilidade da CGD para negociar e concluir um acordo com o Sindicato mais representativo da Empresa (o STEC), é um logro! Sem marcar data para nova reunião negocial, a CGD deixou inclusivamente a ideia de se transferir o processo para o Ministério do Trabalho e recorrer à fase de conciliação.

 

Perante esta evidência, fica à reflexão de todos os trabalhadores da CGD, a comparação entre a indiferença que a Administração aqui, e mais uma vez, lhes manifesta, pelo seu trabalho, esforço e sacrifício e… a enorme euforia que a mesma gestão mostra… quando vem a público exibir e apresentar auto-elogiosamente os lucros de milhões e milhões e milhões… uma CGD que conta com índices de produtividade notórios e que recentemente foi vencedora na categoria de “Gestão e Recrutamento 50+” nos Prémios “As Empresas Mais” da revista Human Resources…

 

A Direção do STEC manterá todo o empenho e dedicação na obtenção de uma atualização salarial para o ano de 2024 consentânea com o aumento da produtividade dos trabalhadores da CGD, espelhada nos lucros históricos da Empresa, e que permita recuperar algum do poder de compra perdido nos últimos anos.

 

 

A Direção

Views: 71

03_17_cartoon_dia-do-pai